domingo, maio 20, 2018 12:33

Archive for dezembro, 2012

Pazuzu – O Rei dos Demônios dos Ventos

segunda-feira, dezembro 31st, 2012

Pazuzu

380px-PazuzuDemonAssyria1stMilleniumBCEA origem de Pazuzu remonta há aproximadamente 1000 anos a.C. na Assíria, Mesopotâmia.

Na mitologia suméria, Pazuzu era o rei dos demônios do vento e o deus da fome e da seca. Era filho do deus Hanbi e sob o comando do deus Anu, veio do paraíso para combater a deusa maligna Lamashtu, os mesopotâmios acreditavam que Pazuzu viveu no deserto desde então.
Pazuzu é frequentemente representado por uma criatura de corpo humano, mas com a cabeça de um leão ou cachorro, garras em vez de pés, dois pares de asas, cauda de escorpião e o corpo revestido de escamas. Normalmente essas representações vêm com a mão direita levantada e a esquerda abaixada, representando vida e morte, criação e destruição.
Pazuzu era conhecido por trazer a estiagem e a fome nas estações secas e as pragas nas estações chuvosas. Apesar de ser considerado uma divindade do mal, Pazuzu era invocado em amuletos para lutar contra a deusa maligna Lamashtu, um demônio feminino que se alimentava das crianças recém-nascidas e que acreditavam ser a responsável por prejudicar a mãe durante o parto.
Pequenos amuletos retratando Pazuzu eram colocados no pescoço de mulheres grávidas a fim de protegê-las do demônio Lamashtu. Tais amuletos eram também colocados na mobília do quarto.
Era também invocado como proteção contra doenças trazidas pelos ventos, especialmente pelo vento oeste.
Pazuzu2