sexta, junho 01, 2018 14:55

Archive for Fevereiro, 2011

Adamanto

quarta-feira, Fevereiro 2nd, 2011

Adamanto (do grego αδαμας, adamas, “indomável”) é um material, presumivelmente metálico, descrito na mitologia grega como duríssimo e indestrutível, que só Hefesto conseguia trabalhar. Eram feitas de adamanto, por exemplo:

-A corrente que prendia Cérbero, o cão de guarda do Hades, segundo Ovídio.
-O portal e os pilares do Tártaro que “nem os filhos do céu poderiam arrancar em guerra”, segundo Virgílio.
-O elmo de Héracles, segundo Hesíodo.
-A foice dada por Gaia a Cronos para castrar Urano, segundo o Pseudo-Apolodoro.
-Um trono presenteado por Hefesto à sua mãe Hera, armadilha com que ele queria vingar-se por ela tê-lo arrojado do Olimpo, segundo Higino. Ela ficou presa em seu trono e Hefesto só concordou em libertá-la depois que Afrodite lhe foi oferecida como esposa – o que mostra que nem Zeus podia romper tais cadeias.
-A biga feita por Hefesto para seus filhos, os Cabiros, segundo Nonnus.
-As correntes invisíveis com que Hefesto aprisionou Afrodite e Ares um ao outro para puni-los pelo adultério, segundo o Pseudo-Higino.
-As cadeias com que Prometeu foi acorrentado ao Cáucaso, segundo Ésquilo.
-A espada de Zelo, o deus da inveja, segundo Opiano.
-A harpe dada por Hermes a Perseu para decapitar a Medusa.
Na Idade Média, o termo foi usado para designar o diamante, então conhecido como a mais dura das substâncias
141683895_3d5cb0b672