domingo, julho 15, 2018 21:03

Archive for agosto, 2010

Medusa

domingo, agosto 1st, 2010

tumblr_ms08uoEom41qejn9ko1_500 mg-belemedu

Filha das divindades marinhas Fórcis e Ceto, Medusa teria sido originalmente uma bela e atraente donzela que era sacerdotisa do templo de Atena. Um dia ela teria cedido às investidas do “Senhor dos Mares”, Poseidon, e deitando-se com ele no próprio templo da deusa Atena; a deusa da sabedoria ficou muito enfurecida e transformou Medusa e suas irmãs, Esteno e Euríade, em criaturas repugnantes que passaram a ser conhecidas como as irmãs Górgonas. Elas passaram a ter pele escamosa e enormes serpentes na cabeça ao invés de cabelo. Também é dito que Medusa possuía asas de ouro, presas de bronze e um rosto tão horrível de se contemplar que a mera visão dele transformaria todos que o olhassem em pedra, além de tudo isso sua imortalidade fora removida pelo feitiço da deusa.
Depois do terrível feitiço, as irmãs Górgonas passaram a viver escondidas em uma caverna no ocidente da Grécia, próximo a um país chamado de Hespérides. Diz à lenda que nas proximidades desta caverna em que viviam as irmãs, existiam vários homens e animais petrificados, pois estes teriam olhado diretamente para Medusa. Assim, as irmãs de Medusa e ela, passaram a ser temidas por toda a Grécia.
medusa-and-perseus
Um rei muito temido chamado de Polidectes, de uma ilha chamada Cíclades, ordenou certa vez que a um jovem chamado Perseu fosse até a caverna de Medusa e lhe arrancasse a cabeça. Caso Perseu não fizesse isto, Polidectes prometia violentar sua mãe, Dânae. A deusa Atena ficou emocionada com a história de Perseu e juntamente com os deuses Hermes e Hades o ajudou a cumprir sua missão.
Hades lhe deu um elmo que lhe tornaria invisível, Hermes lhe deu sandálias aladas, e Atena lhe deu um escudo de bronze bastante brilhante e um alforje para transportar a cabeça de Medusa. Então um dia, enquanto as irmãs dormiam, Perseu entrou na caverna, guiado apenas pelo brilho de seu escudo e com a ajuda de seu elmo invisível, voou sobre as irmãs com as sandálias aladas e desafiou Medusa. Ele conseguiu decapita-la sem olhar diretamente para ela devido ao reflexo dela no escudo.
Quando Perseu separou a cabeça da Medusa de seu pescoço, duas criaturas nasceram de seu sangue: o cavalo alado Pégaso e o gigante dourado Crisaor, resultantes da união profana de Medusa e Poseidon.
Perseu levou a cabeça em sua jornada de volta à ilha de Cíclades, usando-a como arma por diversas vezes (incluindo contra o próprio rei Polidectes), ate finalmente entrega-la para Atena, que a colocou em seu escudo, o Aegis, para lhe servir como proteção.
Ate hoje para os gregos a face da Górgona é tida como um poderoso amuleto para afastar o mau.